Avózinha (Sim, com acento...)

Março 30 2009

O Presidente da Junta de Freguesia de Bigorne, em Lamego, é um independente de seu nome Albino Pedrinho. O Sr. Presidente partilha de um sentimento comum que cada vez mais se tem generalizado na nossa sociedade, ou seja, não acredita nos partidos, mas a sua história como autarca ostenta (no meu ponto de vista, e o meu ponto de vista é sempre de desconfiar) algumas particularidades interessantes, que considero fundamental para a minha paz de espírito, conveniente analisar.

 

Fiquei ao corrente destes factos durante o repasto da hora de jantar (ou seria almoço?), e o que terá feito com que o noticiário da TVI elegesse este assunto como notícia, foi o facto do visado ter a 4ª classe e, imagine-se...nunca ter visto o mar. Ora, isto na minha opinião é simplesmente ultrajante, é inadmissível que um presidente de junta só tenha a 4ª classe, e mais grave ainda, que nunca tenho visto o mar (ao vivo). Eu pergunto como é possível alguém chegar a este cargo sem nunca ter visto o mar, e mais, quase que aposto que se forem investigar este cidadão pouco qualificado para o cargo ainda descobrem que fez o exame por correspondência e ao Domingo.

 

Mas os pormenores chocantes são intermináveis, alguns dos 50 e tal eleitores da freguesia ao serem entrevistados pelo reporter até diziam bem do seu presidente, elogiando a sua entrega e disponibilidade para ajudar os cidadãos da freguesia, segundo eles, este até conseguiu levar para a Bigorne a instalação de um parque eólico. Isto a meu ver só pode significar uma coisa, sendo um lugar pequeno onde todos se conhecem estão todos coagidos por este homem que nunca viu o mar, e assim têm medo de falar...aliás o seu ar maléficamente ameaçador dizia tudo.

 

Mas não se pense que o escabroso desta história acaba aqui, é que além de presidir à junta Albino Pedrinho acumula cargos, algo que já estamos habituados e cansados de ver em muitos sectores da vida do nosso país. Como se não lhe bastasse o tacho, este autêntico papa cargos ainda acumula as funções de pastor, tendo 280 animais à sua responsabilidade, concerteza mais uns a sofrer às mãos do tirano.

 

Espero que rápidamente o Sr. Presidente, enquanto exercer, solicite uma licença sem vencimento do cargo de pastor e que, também vá ver o mar, quem conduz uma pickup daquelas não tem  desculpa para não possuir essa qualificação. Eu também tenho a 4ª classe e mal feita, não fora a galinha que ofereci à professora e ainda hoje lá estava para fazer o exame, é que na altura ainda não existia o programa novas oportunidades, se existisse teria me saído o diploma uma galinha mais barato.

 

Inté

publicado por Avózinha às 23:29

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



pesquisar
 
Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
13
14

19
20
21

25
27
28

31


mais sobre mim
subscrever feeds
blogs SAPO