Avózinha (Sim, com acento...)

Fevereiro 12 2009

Os que dizem que a China vive num regime fechado e segregador não sabem do que estão a falar e/ou fazem-no por desconhecimento de causa. Quando por cá ainda estamos a iniciar a discussão sobre casamentos entre homosexuais lá pelo o Oriente o tema está muito mais avançado, isto se estivermos a falar de pinguins.

 

Pois é meus caros, parece que a “febre” já chegou aos pinguins, mas também não me surprende pois aquela forma de andar é de todo suspeita e depois serem aves mas não voam, só nadam, não deixa de ser um sintoma intrigante. No fundo estas minhas palavras não pretendem ser ofensivas ou negativas para com a comunidade gay mas poderão (ou não) concordar comigo que a homosexualidade é no mínimo uma carcterística que pauta pela diferença no que concerne ao instinto da natureza. De outra forma teria de ser verdade que os bébés são entregues por cegonhas.

 

Um casal de machos (he he he) pinguins de um zoológico na China foi apanhado a roubar ovos a outros casais, não podiam conceber pelas razões óbvias e vai daí toca a raptar os futuros bébes de outros. Isto não me parece muito justo para os casais que ficavam sem a descendência garantida e assim sendo, os elementos sequestradores foram separados do grupo pois estavam a fazer má vizinhança.

 

Claro que no imediato apareceram grupos de defensores dos animais e os bichos(as) foram reeintegrados no grupo, até tiveram direito a dois ovos ”emprestados” e ao que parece são pais extremosos...é pá estou a contar-vos isto com as lágrimas nos olhos, estas histórias com fim feliz deixam-me comovido. Será que pinguim dá para fazer canja?

 

Inté

publicado por Avózinha às 23:24

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



pesquisar
 
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13
14

17
20
21

22
23
27
28


mais sobre mim
subscrever feeds
blogs SAPO