Avózinha (Sim, com acento...)

Outubro 03 2011

O país dos três «F’s», Fado, Futebol e Fátima (não sei muito bem qual a ordem correcta), já era, numa espécie de ranking, um Top 3 vá. Pois bem, como todo o ranking, este, também vai sofrendo alterações, como tal, creio que os três primeiros lugares estão agora ocupados de outra forma, isto, sem o compromisso de ter que os ir actualizando sempre que necessário, tenho coisas mais importantes que fazer, apesar de momento não me ocorrer nenhuma nesta minha vida fútil.

 

O Futebol mantém-se, os outros dois cederam a sua posição para, «FMI» e «Falcatrua», se bem que os mais críticos duvidam se este último alguma vez abandonou o pódio. Há ainda que ressalvar a espectacular reentrada do FMI, um regresso (in)esperado, mas que pela terceira vez, e que há terceira seja de vez, toma conta da classificação de forma absolutamente fulgurante. Mas nestas coisas o povo é soberano, temos de respeitar o quadro de honra descrito, já bastou os tempos da ditadura em que a informação veiculada era controlada por meia dúzia de cabeçudos.

 

Poder-se-á dizer que os cabeçudos sofrem do mesmo “mal” que os pães, do milagre da multiplicação, talvez sejamos uns 10 milhões na actualidade, de pães ou cabeçudos cada um de vós que faça o juízo.

 

A disputa pelos lugares cimeiros tem-se mantido intensa, e só com grande determinação «FMI» e «Falcatruas» têm conseguido garantir a dianteira, isto apesar da intensa disputa entre sérios opositores danadinhos por atacar a liderança. Só para citar alguns, «Fantochada», «Fanfarronice», «Falácia» e «Futilidade» andam ali mesmo à beirinha a lutar por um lugar ao sol no país dos três «F’s».

 

A «Falácia» por sua vez, já mostrou a sua indignação perante a divulgação destes resultados, alegando que tudo não passa de um engano, um verdadeiro logro, apontando a responsabilidade à «Falcatrua» por adulterar os resultados, a «Falcatrua» por sua vez diz que está cansada destas teorias falaciosas e não aceita lições de honestidade. O lugar do «Futebol» esse, mantêm-se inatacável, talvez porque consiga manter boas relações com os seus «competidores» mais directos, há até suspeitas de alguma entreajuda entre o Top 10.

 

No meio de toda esta disputa, a «Felicidade» já reclamou, diz-se sentir como uma canção portuguesa candidata ao festival da eurovisão, gerando sempre grandes expectativas, mas que acabam sempre goradas pelos últimos lugares.

 

Inté


pesquisar
 
Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO