Avózinha (Sim, com acento...)

Novembro 02 2011

Gosto do que gosto
Apenas, porque sou como sou
Sem disfarces, porque não preciso
Gosto de estar bem na vida
E de bem com a vida
O ouro não me seduz
Nem me reluz, como a luz
Do sol, das estrelas
Da lua namoradinha
Do teu sorriso
De respirar a tua felicidade
De te sentir
Uma e outra vez
Ficar contigo no meu pensamento
Sentir o teu doce, mesmo se não estás
Sentir o que brota da tua energia
Contemplar a tua silhueta
Percorrer os teus recantos
Sem esquecer nenhum
Porque quero todos
Mesmo que não me pertença algum

 

Inté

publicado por Avózinha às 23:28

pesquisar
 
Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


posts recentes

«Luz»

mais sobre mim
subscrever feeds
blogs SAPO