Avózinha (Sim, com acento...)

Abril 06 2010

Efectivamente se procuram este espaço para se manterem a par da actualidade o melhor é lerem a imprensa «cor de rosa», porque daqui não levam nada, ou melhor, nada, será um exagero...talvez um pouco mais que nada seja mais exacto. Digo isto porque as datas passam e nada é assinalado aqui no Avózinha, e quando é, já vem tarde, ou não fosse o tema de hoje a Páscoa que como sabemos já lá vai. Mas mais vale tarde do que nunca, assim aproveito para dar destaque a uma grande falta minha que foi deixar passar o importante dia 2 de Fevereiro sem o assinalar, o dia Mundial das Zonas Húmidas...aqui fica (dentro do possível) a minha redenção.


Prosseguindo com o assunto que me traz aqui hoje, a Páscoa, e não, não vou falar da pedófilia que envolve os trabalhadores da Igreja Católica, o coelhinho da Páscoa vai ser o protagonista principal. Ainda pensei em centrar-me no nosso Salvador, que por esta altura é pregado na cruz para ressuscitar no Domingo seguinte, mas é uma história muito batida e conhecida de todos, os filmes que se repetem todos os anos já esclareceram bem o que sucedeu, se bem que de todas as vezes que vi sempre alimentava a esperança que o fim fosse outro, mas há dois mil anos atrás não existia Hollywood e os argumentistas eram outros.

 

Andei pois numa aturada pesquisa, direi mesmo investigação, tentando saber porque raio põe um coelho ovos, logo a mim que sempre me disseram que «quem põe são as galinhas». Estou tentado em concluir uma de duas hipóteses, ou o coelho é...como direi...gosta de sentir os ovinhos pelo dito, ou alguém quis tramar o pobrezito, fazendo-o passar pela tremenda provação...pera aí, é isso mesmo, provação é a chave, é simbólico, como Jesus teve de passar por toda aquela provação para nos salvar, a história do coelho  pôr ovos é uma espécie de analogia, se o fossem pregar lá apareceriam as associações amigas dos animais a protestar pela tortura, assim, os ovos doem de certeza, mas como são de chocolate a malta aceita o suborno.

 

Ora bem, seguindo na peugada do orelhudo da Páscoa, fui dar com uma notícia sobre um carregamento de ovos da Páscoa descobertos pela Polícia holandesa, isto porque, estavam cheios de cocaína. Não descansei enquanto não encontrei o responsável:

 

Eu: Porquê envolver os ovos da Páscoa com o negócio da droga?
Coelhinho Escobar: Bem, a vida está difícil para toda a gente.
Eu: Pois mas, a Páscoa devia ser sagrada.
Coelhinho Escobar: Aaaaiiii! (esgar de dor)
Eu: Que foi?
Coelhinho Escobar: Desculpa, foi mais uma contracção.
Eu: ...estava eu a dizer...a Páscoa devia ser sagrada.
Coelhinho Escobar: E é, mas o meu rabinho também devia ser...
Eu: Foi tudo uma questão de dinheiro?
Coelhinho Escobar: Primeiro comecei a consumir...para esquecer.
Eu: E depois?
Coelhinho Escobar: Depois achei que podia ganhar mais qualquer coisa além de uma dor no...
Eu: E o futuro?
Coelhinho Escobar: Aaaaiiii! (esgar de dor)
Eu: Que foi, mais uma contracção?
Coelhinho Escobar: Não, estás a pisar-me a cauda.
Eu: Desculpa...estava eu a dizer...e o futuro?
Coelhinho Escobar: O futuro será trafico de coelhinhas...há muita procura.
Eu: OK! Olha, e já agora não arranjas aí nada? Estou mesmo a precisar...

 

(Fonte: diario.iol.pt e jn.sapo.pt)

 

Inté

publicado por Avózinha às 23:19

Vejo que conrinuas a alucinar e isso é importante..Um grande abraço..
Alcides a 8 de Abril de 2010 às 00:35

Achas? Não sei onde foste buscar essa ideia...
Avózinha a 14 de Abril de 2010 às 23:56

Muito bom... Nunca percebi a historia do coelho e dos ovos. Mas como são de chocolate, nunca ,e ralei, Eu gosto e do chocolate. Agora a coca e a internacionalizacao do negocio. Espansao de produto...
Jocas Gordas... e continua ;)
perdida a 10 de Abril de 2010 às 11:51

Ai Avozinha, se fosses de chocolate, dava-te uma dentadinha...
Coelhinha a 11 de Abril de 2010 às 23:26

Sabes lá se não sou...

Huuuuuuuuuuummmmmmmmmmmmmmm...
não me cheira a chocolate.....
Coelhinha a 16 de Abril de 2010 às 15:16

pesquisar
 
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
13
15
16
17

18
20
21
23

25
26
27
28
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO