Avózinha (Sim, com acento...)

Março 04 2010

O que se segue pode muito bem ser um excerto de um diálogo entre um «médico» e o respectivo paciente, num futuro próximo:

 

Paciente: Dr. acha que me safo desta?
Médico: Ó meu caro amigo, alguma vez você saiu daqui sem eu o ajudar?
Paciente: Pois, é verdade Dr., mas desta vez sinto-me mesmo em baixo.
Médico: Tenha calma, tome lá este frasquinho e arranje aí uma vontadita para urinar.
Paciente: É preciso encher?
Médico: Sim senhor, quanto mais melhor. Vou deixá-lo uns minutos para que fique à vontade.
Paciente: Obrigado Dr.
(após alguns minutos)
Médico: Então, já está?
Paciente: Já sim, cheinho, mas esqueceu-se de me dar a tampa...
Médico: Tampa, qual tampa? Isso é já para ir de um trago, e logo ao deitar beba outro igual, não se esqueça é de lavar as mão antes, para não contaminar.
Paciente: Dr. (disse ele  sorrindo) lá está você com as suas brincadeiras.
Médico: Brincadeira!! Com a saúde não se brinca homem.
Paciente: Mas Dr., isto é urina...
Médico: É sim senhor, do melhor que há, se quiser ficar bom é beber uma pela manhã e outra ao deitar, mas não a deixe de um dia para o outro que altera e pode-lhe fazer mal, beba sempre acabadinho de fazer.
Paciente: Sim Sr. Dr., posso levar para beber daqui a pouco...agora assim não estou com muita vontade, comi há pouco uns pasteis de bacalhau, como é frito é capaz de me trabalhar no estômago.
Médico: Você é que sabe, mas veja lá, não deixe estragar.
Paciente: Obrigado Dr., se eu não voltar não estranhe, é sinal que com este remédio não há maleita que me apoquente.
Médico: Sabe como é, a medicina está sempre a evoluir...eu já não dispenso, e se beber um bom chardonay vai ver que fica um espanto, a acidez melhora bastante. Prazer em vê-lo!
Paciente: Igualmente (pira-te, pensou ele)

 

Não fiquem espantados, já escrevi aqui coisas piores, este tipo de profilaxia é coisa que já tem barbas, no Ocidente não, mas ao que parece na Ásia a coisa já está mais difundida, e não é de agora, a prática já tem séculos. Fazer um xixizinho e depois beber a própria urina é defendido por algumas medicinas alternativas, segundo as quais o líquido amarelo dá saude e imagine-se pode «funcionar como uma vacina». Se assim for até passei a simpatizar com as agulhas, venha de lá essa seringa.

 

Isto faz-me lembrar aquela anedota do fulano que tinha diabetes, e todos os dias de manhã comia uma bela bola de berlim, segundo ele «os diabetes são gulosos e quando sentem o doce vêem à babuje» e ele «zás» matava-os todos bebendo um bagaço de penalti. Eu não vou aqui discutir a eficácia da urina no combate de doenças, mas quando tenho de levar vacinas já vou contrariado, se esta moda pega acho que nem contrariado lá vou...mesmo que cada um use a sua seringa.

 

(Fonte: Lux.pt)

 

Inté

publicado por Avózinha às 22:20

bem. essa da urina ultrapassa-me. ainda há pessoal que aposta so na medicina antiga, chamada alternativa. Mas olha, já tinha ouvido falar no uso da urina para combater o acne. agora beber... dispenso obrigada.
perdida a 8 de Março de 2010 às 08:50

pesquisar
 
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12
13

14
16
19
20

21
22
23
26
27

29
30


mais sobre mim
blogs SAPO