Avózinha (Sim, com acento...)

Fevereiro 17 2010

(transcrição da notícia em tvi24.iol.pt...NO COMMENTS!!)

 

Obstetras levaram grávida a perder feto
 

Tribunal deu como provada a existência de «erro médico»

 

O Tribunal deu este quinta-feira como provado que duas obstetras do hospital de Bragança foram as responsáveis por uma grávida perder o feto, mas sem consequências para as profissionais por concluir também que a queixa foi apresentada fora de tempo, informa a Lusa.

 

O juiz que julgou o caso, Filipe Borges, não tem dúvidas de que Júlia Dinis teve um aborto provocado por uma aspiração baseada na leitura de uma ecografia em que a bexiga cheia foi confundida com uma bolsa gestacional vazia.

 

O «diagnóstico erróneo»» de uma falsa gravidez foi feito pela obstetra Maria Joaquina e seguido pela colega Adelaide Palhau que procedeu à aspiração sem questionar os resultados apesar de ser médica assistente da queixosa e de ter sido ela que confirmou anteriormente, com exames, a gravidez.

 

De acordo com o tribunal, a ecografia desapareceu «inexplicavelmente». As análises feitas ao produto que resultou da aspiração inicial no hospital de Bragança e nas cirurgias realizadas posteriormente no Hospital de Vila Real, confirmaram a existência de «restos fetais».

 

O julgamento teve início em Julho e depois de vários meses a analisar provas e a ouvir testemunhas e peritos, o tribunal mandou arquivar o caso porque concluiu que afinal a queixa que deu origem ao processo foi apresentada com três anos de atraso.

 

A lei estipula um prazo de seis meses e, neste caso, a queixa só chegou ao tribunal em 2005, quando os factos ocorreram em Outubro de 2002.

 

«É um caso que é trágico», admitiu o juiz Filipe Borges, «pelo que aconteceu no hospital, por a queixa ter sido apresentada três anos depois e por o pedido de indemnização» não ter sido dirigido a quem de direito.

 

A queixosa viu também negado o pedido de indemnização de cerca de 180 mil euros dirigido às médicas, mas que afinal devia ter dirigido ao hospital. «Ainda está a tempo de por uma acção no tribunal administrativo contra o hospital. A condenação é certa. O tribunal apela que essa acção seja proposta», disse o magistrado.

 

O juiz deu como provado que «houve erro médico» e apesar de entender que não houve dolo (intenção) considerou que houve negligência e que era possível condenar as médicas por violação da «leges artis» (regras da ciência médica).

 

«Ambas não actuaram com o cuidado a que estavam obrigadas e eram capazes», concluiu o juiz.

 

Inté

publicado por Avózinha às 22:59

Ora bolas!
Agora que estava tudo de acordo, juizes e tudo, o erro era tão flagrante que era inevitável encontrar e punir os culpados, eis que descobrem que a queixa estava fora do prazo!
Fora do prazo está a justiça portuguesa que deixa andar os casos até....ficarem fora de prazo!...
CM a 17 de Fevereiro de 2010 às 23:31

Qual será o prazo desta gente, se já tiverem fora da validade podemos matá-los...?
Avózinha a 18 de Fevereiro de 2010 às 23:48

Estas duas senhoras trabalham bem é numa clínica de IVG.

Jocas Gordas ;)
perdida_nos a 18 de Fevereiro de 2010 às 20:59

Nunca trabalharão bem, a fazer seja o que for, onde quer que seja.
Avózinha a 18 de Fevereiro de 2010 às 23:50

a história n é bem assim...o erro de diagnóstico foi da médica que fez a ecografia e a ecografia desapareceu misteriosamente...se a outra médica tivesse feito uma aspiração, hoje a senhora não teria um filho nem poderia sequer engravidar... acho estranho, não acho mas infelizmente há coisas que não se podem dizer, mas continuando, será que a advogada da senhora nunca se apercebeu que a queixa tinha prescrito? outra coisa,dado que são duas médicas de um hospital público, a queixa teria que ter sido contra o hospital, também não saberia a advogada ou haverá algo mais??? não posso dizer, mas sei que o juiz lhe garantiu a condenação do hospital caso ela quisesse avançar com a queixa. Esperemos que o faça...
Lacra a 18 de Fevereiro de 2010 às 21:11

A ecografia foi aspirada...
Avózinha a 18 de Fevereiro de 2010 às 23:45

pesquisar
 
Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12
13

14
16
19
20

21
22
26
27



mais sobre mim
blogs SAPO