Avózinha (Sim, com acento...)

Janeiro 03 2010

É comum a cada final de ano os jornais, canais de televisão, e afins, fazerem uma retrospectiva do que se passou de mais relevante/marcante durante o ano que está a findar, mas isso é coisa para esses sítios, aqui no Avózinha as coisas fazem-se de outra maneira...à minha. Pois vai ser já no ano novo que vos vou falar de um dos factos mais traumatizantes ocorridos no ano passado, sem contar ter ficado sem o terceiro pelo no mamilo esquerdo, agora só ostento (orgulhosamente) dois.

 

Partindo do princípio que guerras, crises financeira e essas merdas, resumem-se todas a «estupidez da raça humana» o facto que mais me chocou foi o presidente Obama ter salvo dois perus de serem executados e cozinhados no tradicional jantar de Acção de Graças, como é sabido uma tradição lá dos yankes. Ao que parece este acto bárbaro não é original, já outros presidentes norte americanos o tinham praticado, pelo que não terá sido por isso que o commander in chief terá recebido o Nobel da Paz, assim, até hoje ainda ninguém sabe porque recebeu o homem tal distinção.

 

Eu não queria estar na pele de "Courage" e "Caroline" o nome das duas vítimas do acto discriminatório do presidente, que foram criadas com todos os cuidados e mais algum para chegar a este grande dia cheios de saúde e carne suculenta para repasto presidencial. Que horror, simplesmente que horror, imaginem a chacota que estão a ser alvo em toda a comunidade dos perus estas duas aves, já lhes devem chamar “chicken” e “butterfly” e o movimento Glu Glux Glan deve estar já a preparar algum linchamento a estes dois.

 

Se estes não foram para o tacho “quem” foi? Algum peru iraquiano ou talvez algum criado no Afeganistão, esta situação tem de ser esclarecida para que não pese nenhuma suspeita sobre favorecimentos, não queremos nenhum processo «asa oculta» lá nos states. Além disto tudo, é de temer tumultos vindos das diversas comunidades de perus exigindo tratamento igual para todos, já para não falar se se descobre que outra espécie qualquer quinou no lugar destes, aí teme-se uma revolta ainda pior.

 

Não se nasce peru para depois vir alguém e roubar todo um projecto de vida, é como criar um bombista suicida desde pequeno e depois deixá-lo morrer de velho a ajudar crianças a atravessar uma passadeira...por exemplo. Cá, que eu saiba, nenhum bacalhau foi indultado na ceia de Natal ou outra qualquer espécie animal associada a uma ceia tradicional, o que vem provar que em Portugal não há favorecimentos, comemos todos pela mesma medida.


Inté

publicado por Avózinha às 23:23

Incrível! As coisaS que tu sabes!
Já agora, podes dizer-me o que aconteceu aos cães que os portugueses queriam mandar para la?
Sempre foram ou o Obama armou-se em esquisito e não quis cães portugueses?
Conceição a 4 de Janeiro de 2010 às 20:29

Quis quis, tem um cão de água português, que nasceu noutro lado qualquer, mas cá também nascem pastores alemães...entre outros.


Ai é?
Pensava que os pastores que cá nascem fossem todos portugueses!...
Conceição a 6 de Janeiro de 2010 às 20:00

A tua "coltura" arrebata-me pá.
O que te posso dizer é que ainda bem que o Nobel da Paz não é nosso presidente, senão já não havia touradas, nem matanças e o diabo a sete de todo um rol de actos de carnificina que adoramos cometer para nos empanturrarmos de carne e ócio, e agora estaríamos a comandar uma série de bombardeamentos a países em que o povo é miserável, mas que não deixam de ser uma ameaça à industria de guerra que seria a base da nossa economia.

Ainda bem que temos o Cavaco e o Sócrates pá!!!

Eu acho que o Mr. Obama Presidente dos Yankees quer receber mais um prémio honroso mas agora em defesa dos animais. Tomou-lhe o gosto.

Jocas Gordas ;)
perdida_nos a 4 de Janeiro de 2010 às 22:19

Isto aqui é um espaço "coltural" arrebatador...ou se é.
Avózinha a 6 de Janeiro de 2010 às 19:43

pesquisar
 
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

12
13
15
16

20
22
23

25
29
30



mais sobre mim
blogs SAPO