Avózinha (Sim, com acento...)

Setembro 20 2009

José Manuel Durão Barroso (DB) foi reconduzido à presidência da Comissão Europeia para mais um mandato de 5 anos com 382 votos a favor, 219 contra e 117 abstenções. O Parlamento Europeu confia assim nas capacidades do nosso ex-primeiro-ministro e mostra que a maioria dos seus membros estão satisfeitos com o trabalho desenvolvido por este.

 

Portugal também tem motivos para estar muitíssimo satisfeito, não porque possamos beneficiar de alguma coisa (como alguns acreditam) mas sim porque pelos menos durante mais cinco ele não volta para cá. Se bem que o homem pelo passado que conhecemos, tem dificuldade em aguentar compromissos, podendo dar de frosques antes de terminar o mandato, não é de fiar quando voltará.

 

Aliás, eu até estava convencido que a intenção do Parlamento Europeu quando o propôs para o primeiro mandato seria a de que ao fim de pouco tempo DB partiria para outra, mas provou-se mais uma vez de que o que eu penso tem pouco de consistente. Afinal querem-no mesmo por lá e até Sócrates o apoia, mas isso também não me surpreende, ou era isso ou era tê-lo por cá a fazer oposição...Manuela Ferreira Leite pensará o mesmo.

 

Por outro lado não deixo de exibir alguma ralação (gosto desta palavra) e receio, é que os dois nossos últimos primeiros ministros (excluindo Santana Lopes) foram recrutados para cargos europeus, e se bem que nós já estamos habituados a penar sem sair da cepa torta à conta destes personagens, os outros europeus nem por isso.

 

Guterres também lá foi, comissário...comissário não, alto comissário das Nações Unidas para os Refugiados, e eu pergunto como será que é definido perfil para estes cargos e depois escolhem a pessoa que encaixa. O «Tonecas», como gosto de lhe chamar carinhosamente (um dos melhores bonecos de sempre do Contra-Informação, minha opinião), já estava habituado a lidar com miséria mas, fontes (in)seguras asseguram que foi assim:

 

Tonecas: Estou, Kofi, sou eu o Tonecas. Estás bom?
Kofi Annan: Vai-se indo, o tempo não ajuda.
Tonecas: É verdade…escuta, isto por aqui não me anda a correr muito bem, não me arranjas um cargo(?), preciso de um sítio para me refugiar.
Kofi Annan: O quê? Queres o cargo de comissário para os refugiados? Mas porque raio...?
Tonecas: Não, não é isso…
Kofi Annan: É mesmo isso!? OK, tu lá sabes, vou ver o que se pode arranjar.
Tonecas: Mas, mas...
Kofi Annan: Prazer em ouvir-te, e um abraço.
Tonecas: Abraço (suspiro).

 

Ficamos a saber que tão depressa DB não regressa ás lides nacionais, está como peixe na água, melhor dizendo, como cherne no oceanário da comissão europeia, o mesmo não se pode dizer de Tonecas, parece que termina o mandato em 2009 e mais umas vez fontes (in)seguras, asseguram que tem aspirações à Presidência da Republica. Não sei quando Sócrates sairá do governo, mas seguindo a tendência, lá partirá «rumo àzeuropa» (ler com sotaque brasileiro), estou é curioso para saber em que perfil encaixa...ousem a sugerir.

 

Inté

publicado por Avózinha às 22:33

Eu aposto em algo de actividades económicas, mais concretamente comerciais. Ou então em obras de espaços comerciais. Algo em que tenha meter o nariz e ser implacável no sentido de ganhar algum para ele.

Jocas Gordas como eu ;o)
perdida_nos a 21 de Setembro de 2009 às 12:27

Pronto, já me tiraste o sono!
Então achas, na tua abalizada opinião, que o Guterres ainda nos cai na sopa, quer dizer nos votos para presidente?
Longe vá o agoiro!
Pode ser que arranje outro cargo por mais uns anos, numa embaixada bem longe...
mc a 2 de Outubro de 2009 às 00:05

pesquisar
 
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

15
18
19

21
25
26

29
30


mais sobre mim
blogs SAPO