Avózinha (Sim, com acento...)

Fevereiro 19 2009

Quem nunca ouviu ou assistiu a um debate dos deputados na Assembleia da República (AR)!? Nunca estive nas galerias mas ainda assim tenho a noção que a única gente que respeita aquele espaço são precisamente estes espectadores, e quando não o fazem são avisados ou postos dali para fora sob a ordem de quem preside esta espécie de chapitô. Se o Sr. Presidente fosse assim tão zeloso com os deputados tenho dúvidas se lá ficaria alguém a não ser ele.

 

Seja qual for o(s) tema(s) do debate há sempre uma facção que acha que é muito bom (normalmente a bancada de quem governa) e a outra que acha que é muito mau (normalmente a bancada da oposição) ou vice-versa, meio termo ou consenso é coisa que não existe, coisa para a qual eu julgava que servia a AR...afinal parece que não é.

 

Depois é ouvir o Sr. Deputado a discursar e de quando em vez umas vozes de fundo, normalmente quem está ao lado (desde que não esteja ao telemóvel ou a jogar solitário) a dizer «muito bem, muito bem»...fenomenal. Estes senhores que são eleitos por uns totós que por acaso até somos nós, já nem se importam de fazer qualquer figura apesar de saberem que estão a ser filmados ou transmitidos pela rádio.

 

Além disso fico sempre com a impressão que existem cadeiras a mais, tal é verificar a quantidade de lugares vazios. Quando se vota qualquer proposta não deviam lá estar todos para assim legitimar a coisa? Provavelmente seguem o exemplo dos eleitores (nós) que sempre que chega o dia do sufrágio (dos poucos em que temos e podemos dar opinião) se baldam, ora porque é fim de semana grande, ora porque acham que é tudo igual e por isso não vale a pena. Cultura Democrática...Hã!! Cultura quê??

 

Estou convencido que aquele clima que por vezes até parece hóstil, não passa de encenação tipo jogadores de futebol de clubes rivais que dentro do campo chegam a agredir-se mas depois de terminar a contenda até se juntam mais tarde para beber uns copos. Entretanto os totós, alguns até pagaram bilhete, levam aquilo tudo muito a sério e até se metem em discusões que se prolongam até à proxima partida.
Afinal meus caros, não há motivos de preocupação e tudo não passa de show off, é como ir ao cinema.

 

Inté

publicado por Avózinha às 22:30

Ai havozinha, tu és tão ingénuo como uma virgem de couro (se é que alguém é virgem hoje em dia). Claro... que não passa tudo de uma encenação com intuito de nos lixar a vida. Tu queres melhor sala de espctáculo do que aquela?
Melhor... Aquilo baixa mais o nível que o mercado do Bulhão carago!!!! Aliás, o pessoal nem devia lá ir ao peixe, porque o mau cheiro é tanto que nem a peixeira mais badalhoca consegue garantir a concorrência. E cherne já não há, é mais há moda de bruxelas...fumado.
A grande diferença desta sala de espectáculos e das outras é que nós divertimo-nos nas outras, nesta fodem-nos há grande - podemos ver, mas não podemos dizer nada.
Com areia e sem vaselina.
Mas nós só queremos praia...
perdida_nos a 20 de Fevereiro de 2009 às 18:27

pesquisar
 
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13
14

17
20
21

22
23
27
28


mais sobre mim
blogs SAPO