Avózinha (Sim, com acento...)

Fevereiro 18 2009

No mesmo dia fico ao corrente de duas notícias contraditórias sobre o estado da indústria do sexo em Portugal. Antes de prosseguir gostaria que alguém me explicásse o motivo porque que designa esta área de actividade empresarial como de «indústria»...como não me apeteceu esperar fui ver ao dicionário:

 

do Lat.  industria

s. f.,
conjunto das actividades relativas à transformação de matérias-primas em bens de produção ou de consumo, servindo-se de técnicas, instrumentos e maquinarias adequados a cada fim;
actividade económica do sector secundário que engloba as actividades de produção e transformação por oposição ao primário (actividade agrícola) e ao terciário (prestação de serviços);
o conjunto das empresas industriais;
habilidade e destreza para realizar algo;
aptidão;
arte;
perícia;
profissão;
ofício;
invenção;
astúcia;
engenho.

 

E pronto, lá tive de ficar convencido.

 

Como estava a dizer, uma das notícias concluía que por cá o negócio estava mau e inclusive algumas sex shops a fechar devido à quebra das vendas, outra dizia que tudo estava bem. Fiquei como normalmente fico quando acompanho os debates na Assembleia da República, sem saber em quem acreditar visto aparecerem sempre verdades opostas. Nos Estados Unidos os principais detentores do negócio pediram inclusive um apoio financeiro ao congresso no valor de 5.000 milhões de dólares, coisa pouca.

 

Eu acho que a crise está mesmo a afectar o negócio do sexo, a crise e não só, todo um modelo de sociedade em que assenta a vida das pessoas, eu explico. O apetite sexual mantêm-se (penso eu de que) e até há medicação para (quase) todo o tipo de dificuldade, também não me parece que a vida agitada e o stress estejam a prejudicar, acredito que se passa precisamente o contrário, actividade sexual a mais. Hoje em dia quem não a a fez está para a fazer, o que é o mesmo que dizer, quem não se está a preparar para foder alguém, está ser fodido...é como digo, com tanto frenesim depois já não há vontade para mais.

 

Inté

publicado por Avózinha às 23:21

Alto lá!!!!
Finalmente, afloras as questões do sexo de forma explicita!....É uma matéria que me agrada!!

Ultimamente não tenho parado a minha actividade sexual e ando,de facto, exausta!...Todos os dias sou fodida pelo ministério da educação, que comporta uma quantidade de secretários e de adjuntos consideravel...mas o que me custa é ser fodida pela ministra!!!! Acredita...é um suplicio diário!

Nunca mais fui a uma sex shop...não preciso! No meu mail estão,diariamente,as ultimas do Minist. da Educação....Verdadeira pornografia e com efeito imediato: assim que leio sinto-me logo bem fodida pela manhã!

As fichas de avaliação são adereços muito importantes e como tal...fodem-nos tal e qual como um dildo tamanho XXL...

Em suma...se o negócio do sexo anda mal,a culpa é da ministra da educação: fode pelo menos 140.000 todos os dias!

Penso ter desvendado o mistério!

Saudações sexualmente explicitas!

Indiavera a 19 de Fevereiro de 2009 às 00:14

pesquisar
 
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13
14

17
20
21

22
23
27
28


mais sobre mim
blogs SAPO