Avózinha (Sim, com acento...)

Junho 16 2009

Pode a nossa espécie viver na Lua? É a questão que a NASA vai tentar responder com a missão à Lua do foguete Atlas V, levando na bagagem algum equipamento que ajudará a estudar as hipóteses de habitabilidade, citando «estes robôs, que vão fazer as primeiras missões em mais de uma década, são nossos exploradores, para conhecer melhor o terreno e as condições do ambiente para a presença humana». Portanto, na minha opinião estamos a evoluir, primeiro pusemos lá o homem para ver se aquilo era seguro e tal, agora que está visto que sim, mandamos as máquinas...oxalá corra tudo bem e não quebrem nenhuma peça.

 

Mas o motivo de eu estar a falar nesse assunto aqui é para saber se algum de vós tem conhecimentos lá na NASA, alguém com quem eu possa falar e tentar convencer da inutilidade de tal missão, feitas as contas ainda poderiam poupar uns dólares. Aqueles Americanos sempre foram assim, é tudo à grande, e no que toca a gastar nestas coisas, não é excepção.

 

Qual é a dúvida destes fulanos, com uma simples viagem a Portugal, que ficaria muito mais barato, facilmente chegariam à conclusão de que viver na Lua é brincadeira de meninos, só por cá são uns 10 milhões que vivem (ou sobrevivem) e andam na Lua. Ponham lá uns estádios de futebol, uma imagem da nossa senhora e dêem-lhes um subsídio e vão ver se aquilo não fica cheio de portugas, de portugas e de portagens, ah!...já esquecia, se não fosse muito trabalho, uns tremoços e uma cervejitas era ouro sobre azul.

 

É claro que estou a exagerar, nem todos por cá andam na Lua ou são lunáticos (é o nome que se dá aos seus habitantes) existem por exemplo outros que são anjinhos, como sabem ser anjinho é uma habilitação para se andar por qualquer planeta ou galáxia. Assim de repente lembrei-me de Vítor Constâncio, é claro que há mais (Casa Pia e outros) mas era um favor que lhe faziam, talvez no Banco da Lua o homem pudesse fazer um grande trabalho, a nós ficava-nos bem mais barato, mesmo continuando a ser-mos nós a assegurar os 250.000 euros anuais que esse anjinho aufere. 

 

Os exemplos que vos dou são só pequenas evidências de que viver na Lua não é um bicho de sete cabeças, pelo menos para os nós Portugueses, de facto isto é genético e profético (rimou mas não foi propositado) a alma Lusitana está predestinada para dar outros mundos ao mundo, é sina que já vem de longe nos tempos.

 

(Não se esqueçam dos tremoços e da cerveja, senão o pessoal começa a pôr defeitos e a queixar-se de tudo e mais alguma coisa. Bem, se não for pedir demais, não façam lá uma democracia, é que nós também não gostamos muito de votar)

 

Inté

publicado por Avózinha às 23:18

pesquisar
 
Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

19
20

26
27



mais sobre mim
subscrever feeds
blogs SAPO