Avózinha (Sim, com acento...)

Fevereiro 02 2009

Faço aqui neste espaço uma vénia à polícia nigeriana pela sua determinação e sagacidade no cumprimento do dever de engavetar os meliantes e prevaricadores da lei, para aqueles que acham que o crime compensa e julgam que podem escapar às malhas das forças políciais usando para isso todo o tipo de subterfúgios. Para esses, aqui fica o exemplo de que se querem brincar com a lei escolham outro país que não a Nigéria.

 

Em Kwara uma cabra foi presa por ser suspeita de um assalto à mão armada, este sucedido pode parecer à primeira vista um verdadeiro disparate...mas não é esse o caso, o assunto merece respeito e explica-se fácilmente pelo facto de após uma tentativa de roubo de um carro um dos bandidos ao tentar escapar dos perseguidores transformou-se numa cabra (usando magia negra), tentando dessa forma descarada iludir toda a gente. Os perspicazes vigilantes é que não foram na manha deste génio do “transformismo” e encaminharam o animal até à esquadra.

 

Ocorrências destas fazem-nos pensar pois o crime está cada vez mais sofisticado e usa todos os meios para sair impune, contudo é esperançoso e dá alento ver que o combate ao mesmo está a acompanhar a sua evolução e enquanto isso suceder podemos estar descansados, a lei e a ordem não estará comprometida. A cabra para já está sob custódia da polícia e cálculo que no interrogatório não faltem ameaças de ir parar ao tacho se não confessar a autoria do intento.

 

Estou mesmo convencido que por cá, em muitos casos, andamos á procura dos suspeitos errados, muita da bandidagem e corrupção que milita por aí livremente usa técnicas e estratégias que na Nigéria não teriam chances de sobrevivência. O tão propalado caso Freeport é um bom exemplo de “crime camuflado” por obra da magia negra, onde os nomes dos apontados como envolvidos estão apenas a sofrer as consequências de uma investigação rudimentar e ultrapassada. Aposto que os verdadeiros culpados estão a monte (literalmente), num pasto verdejante, pastando e a desfrutar do rendimento do saque.

 

Inté

publicado por Avózinha às 22:53

Lindo Lindo!!Bem não consigo acompanhar o ritmo a que escreves! um grande abraço. parabéns pelo teu blog..está muito bem...
Alcides a 3 de Fevereiro de 2009 às 03:26

Ahhhhhhhhhhh....putaria e cabraria...sim senhor!
Hoje não estou inspirada mas ocorre-me uma ideia...Se em Portugal se fizesse como no "Niger"...não havia prisão que chegasse! Conseguem imaginar a cabraria que anda à solta na assembleia da républica? Nos ministérios?...Sim,sim...verdadeiras redes de transformismo!!!!!!! E, claro está, a "cabra" que comanda a educação,de verruga no nariz e chapéu bicudinho, a fazer a dita magia negra!
Olha...quem não deve ter ficado contente foi a colectividade dos burros...pq acabaram de ser ultrapassados por uma cabra...e por uma ideia "macabra"...
Mandem lá os Niger trabalhar para o lugar dos nossos PSP e vão logo ver a diferença!

Bjoconas...hummm...não saiu lá muito bem,mas agora já está!looooooooooooool
Indiavera a 5 de Fevereiro de 2009 às 00:38

pesquisar
 
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13
14

17
20
21

22
23
27
28


mais sobre mim
blogs SAPO