Avózinha (Sim, com acento...)

Fevereiro 01 2009

Passamos muito tempo da nossa vida a queixarmo-nos e na verdade nem tudo é mau, e eu que o diga que sou um felizardo por receber poesia (da boa) por e-mail, mesmo sem ter solicitado. E não estou a falar daqueles mails que recebemos com slides cheios de bonitas paisagens/fotos e frases eloquentes, falo-vos de...bem, palavras para quê, vejam com os vossos olhinhos:

 

«Só nós temos portuguesas loucas que chupam pénis e praticam sexo até ao estado exaustivo. Suas gargantas e traseiras gemem como carroças rangentes nas ruas de Lisboa. Putas matriculadas e moças inocentes, alunas e professoras. Temos tudo para a alma.»

 

Em pouco tempo é a segunda vez que o tema “Putedo” é aqui tratado, e diga-se que já deu para perceber que esta actividade requer requinte e status cultural, senão vejam bem a qualidade da escrita que transcrevi. O que ainda não percebi é porque raio o filtro da aplicação que recebe e gere os meus e-mails trata disto como se fosse “Junk E-mail”, ai não fosse a minha perpicácia e esta pérola tinha se perdido sem que eu nunca tivesse conhecimento.

 

Reparem como é lindo estar com uma mulher e imaginar o gemido de uma carroça nas ruas de Lisboa, sim mas só mesmo na capital, em qualquer outra cidade ou local a beleza do momento não estaria bem retratada. E depois a carroça rangente em todo os seu esplendor, na verdade nunca uma mulher me tinha feito lembrar tal cena, mas quem sabe um dia terei essa sorte. Se ainda não estão convencidos de que é mesmo poesia tentem ler como se a declamar estivessem:

 

«Só nós temos portuguesas
Loucas
que chupam pénis
e praticam sexo até ao estado exaustivo
Suas gargantas e traseiras
gemem como carroças rangentes
nas ruas de Lisboa
Putas matriculadas
e moças inocentes
alunas
e professoras
Temos tudo para a alma.»

 

Não há que ter receio, elas são matrículadas (seja lá o que isso significa), são portuguesas inocentes, alunas ou professoras, tratam-nos da alma, além de que as carroças não poluem, são amigas do ambiente. A internet é isto mesmo, há de tudo um pouco, nós só temos de usar um filtro para usufruirmos do que tem mesmo interesse.

 

Inté

publicado por Avózinha às 20:11

Ora,venham de lá esses ossos...já que andei afastada destas noticias extravagantes...e agora tenho montes de coisas para ler...hummmmm!
Começo por esta pq vejo que tenho assento no que diz respeito a esta função...Sim,insiro-me na categoria de "moça inocente professora"...pode ser?
Isto da "putaria" sempre me deu que pensar... Acredito que algumas sejam felizes, até pq recebem bem por coisas que as moças de outras profissões fazem à borla, e divertem-se!!!! Fico chateada porque nunca consegui matricular-me nessa escola e agora tenho uma profissão mediocre!
Quem sabe, num futuro próximo não seja a grande saída profissional? Qual medicina,qual arquitectura...Licenciatura em Putaria com especialização nas mais variadas áreas (não as vou referir!)... Apartamento de luxo, porsche estacionado na "garage", cavitação, botox,restilane e pelling...implantes mamários, implantes de glúteos, implantes de joelhos... (e eu a dar ao litro no ginásio!)...
Pronto...é isso!
Vai lá ver o que é cavitação...vai,Avózinha!

AHHHH...isso do ranger/gemer...paciencia...a idade chega a todos!
Experimentem cartilagem de barbatana de tubarão...à venda nas ervanárias!Excelente lubrificante...... articular! :)))))))

Beijos...comuns,pq hoje me sinto comum!
Indiavera a 1 de Fevereiro de 2009 às 22:53

Abençoado ginásio, entretanto fui ver o que é cavitação...não precisas. welcome back
Avózinha a 2 de Fevereiro de 2009 às 23:05

Avó... és uma besta. Passo a elucidar-te sobre a temática das matriculas:

Uma puta está matriculada quando registada na Conservatória do Registo Comercial do distrito onde exerce a sua actividade profissional.

Assim, existe uma base de dados a nível nacional (para além da minha agenda telefónica), onde todas as putas possuem um número único de matrícula e identificação fiscal, sendo-lhe por isso possível passar factura e descontar para a segurança social.

Há também uma rúbrica no orçamento de estado de 2009, para descontar em sede de IRS gastos com putedo, até a um limite de 1000 euros por cada pessoa do agregado familiar.

Espero ter elucidado.
PCC
PCC a 2 de Fevereiro de 2009 às 15:02

Os teus esclarecimentos foram muito uteis...o limite são só 1000 Euros? Muito pouco!
Obrigado por me chamares besta, elogios são sempre bem vindos, vou tentar não desiludir.
Avózinha a 2 de Fevereiro de 2009 às 23:10

pesquisar
 
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13
14

17
20
21

22
23
27
28


mais sobre mim
blogs SAPO