Avózinha (Sim, com acento...)

Janeiro 13 2009

Quantos de vós não terão já reparado nos Bonecos do Pai Natal pendurados um pouco por todo o lado, nas varandas, janelas, paredes no geral, seja em empresas ou particulares. Ora, na verdade cada um pendura o que bem lhe apetecer, como se costuma dizer gostos não se discutem...e o mau gosto então!?

 

Tenho por hábito não valorizar muito as coisas que não têm a ver comigo, prefiro dedicar a minha atenção ao que me agrada. Mas isso não me impede de tecer algumas considerações(zitas) em relação à forma das pessoas manifestarem o espírito natalício e pendurar um boneco daquela maneira não lembra a ninguém...pelo menos a mim não.

 

Eu sei que devem estar a pensar que este assunto não vem a propósito, mas se o Natal já se foi então o que continuam os bonecos a fazer pendurados um pouco por toda a parte!? Não basta de disparate?
Alguém me explica o significado de tal acto, o que representa o Pai Natal pendurado de qualquer maneira e em qualquer lado?

 

Quando me deparo com tal cena fico sempre na dúvida de como a devo intrepretar, e se então o boneco tem o saco incorporado a sensação é que está  assaltar uma qualquer residência, só não sei é se ainda vai a entrar ou se já se encontra de abalada com o resultado do furto.
Mas as incertezas não se ficam por aqui, pois a minha imaginação voa fácil, daí também ser bem possível ser uma cena de enforcamento, causada pelo desgosto que resulta de ver a forma como muita gente aborda o espírito natalício. Claro que não posso deixar de lado a hipótese de nalguns casos (sobretudo quando este está de cabeça para baixo, ou em poses mais inusitadas) ser um acto de vingança da parte de quem acha que foi injustiçado e não tenha recebido as prendas merecidas.

 

Urge tomar medidas para “convencer” a malta que gosta de se exprimir desta forma, a pararem com estes atentados. Aumentem-lhes o escalão do IRS, obrigem-nos a ter um Magalhães...e a usá-lo, proibam-os de frequentar as lojas dos chineses durante um ano. Bem sei que o Natal é quando um homem quiser mas não é preciso maltratar o Pai, tenho a certeza que ele existe e deve ficar muito magoado com estas atitudes.

 

Inté

publicado por Avózinha às 22:20

Bonecada?
Onde? Então aquilo não sãao Pais Natal verdadeiros?
Não?
Realmente eu ainda vejo alguns por aí mas pensei que fossem atrasos pontuais na entrega das prendas, paredes mais difíceis de subir, enfim, renas mais lentas ou consequência de ainda não termos TGV...
E eu que andava a falar para os bonecos, neste caso para o boneco, a convencê-los a levar-me mais umas prendinhas.

É que eu até me portei bem este ano...
mc a 22 de Janeiro de 2009 às 17:32

pesquisar
 
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

16
17

21
23
24

30
31


mais sobre mim
blogs SAPO