Avózinha (Sim, com acento...)

Dezembro 15 2008

Como já devem ter percebido, estamos no Natal. Eu percebi isso há dias quando ao fazer zapping pela imensidão de canais aborrecidos que o operador de Tv me disponibiliza, deparei com um  filme em que o Pai Natal fazia de uma espécie de super-heroi e Bruce Lee ao mesmo tempo, distribuíndo em golpes de artes marciais pancada pela bandidagem que florescia a cada esquina. Aí, lembrei-me...é verdade! Já estamos no Natal!

 

E foi desta maneira bonita que deixei o espírito natalício entrar em mim, definitivamente fiquei contagiado e a quadra iniciou-se para mim nesse momento.

 

Estava eu mentalmente a entoar os cânticos desta altura, e faço-o mentalmente para não incomodar ninguém, quando mais uma vez comprovo que a discriminação seja em que época fôr não perdoa. Imediatamente percebi porque faz falta o super-heroi do filme, para acabar com as injustiças, nem que seja á porrada.

 

Se as meninas ficaram chateadas só porque tempos atrás disse que o futebol e sexo femino não era grande conjugação, deveriam era estar preocupadas com a existência do Bolo Rainha, pelos vistos uma  espécie inferior de Bolo Rei. Esta sub-espécie foi criada para quem não aprecia frutas cristalizadas e até aí tudo bem, porque é em tudo igual ao Bolo Rei mas leva menos ingredientes, o problema é o nome que lhe deram.

 

Ora porque não o batizaram de Bolo Príncipe? Ou Bolo Conde? Não, como leva menos coisas, toca de lhe chamar Rainha, vá lá não lhe chamarem Bolo Gay só para espezinhar e diminuir a malta que não prefere o sexo oposto...ou Bolo Deficiente.

 

Ai ai, além de não jogarem nada á bola, andam a dormir. E se calhar ainda comem e calam!

 

Inté

publicado por Avózinha às 23:16

Ai o meu canário!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Oh pá.......assim não dá!
Oh, homem...então tu não estás a ver mais obvio?
O Bolo Raínha é mais requintado!!!!!!!!! O bolo rei (repara na letrinha minuscula) leva tudo ao monte...o que é coisa óbvia nos gajos: tudo ao monte e fé em Deus...e nem todos!!!!!!!!! O Bolo Raínha é feito com requinte e ingredientes seleccionados!
Pra ser bolo gay, basta acrescentar ao bolo rei umas plumas cor de rosa ou um manifesto pró adopção...Pra ser bolo deficiente basta pôr lá uma mão cheia de favas (loooooooooooooool)...
Mas tu não vês que a pastelaria é matriarcal??? Nós não ficamos ofendidas...bem pelo contrário!!!!!!
Meninas...God Save The Queen Cake!!!!

Avé, Raínhas!
Indiavera a 16 de Dezembro de 2008 às 01:11

Concordo...Na era das saídas do armário é tempo do bolo Rainha se assumir ao invés de estar armado em transformista. Obrigado pelas dicas..estava a precisar de um abanão pra voltar a escrever..
Alcides Estrela a 19 de Dezembro de 2008 às 19:55

pesquisar
 
Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
13

19

21
25
27

28
31


mais sobre mim
blogs SAPO