Avózinha (Sim, com acento...)

Setembro 03 2011

PPP, em Portugal significa Parcerias Público-Privadas, em Bonn, na Alemanha, quer dizer (já com a tradução pois claro) Parquímetros Para Prostitutas, Putas vá, e não pareça mal a ninguém, porque se a minha profissão fosse essa, eu queria ser orgulhosamente chamado de Puta. Chamar Prostituta é (na minha opinião) altamente discriminatório, assim como “vendedoras de sexo” me parece pouco dignificante, já para não falar no aspecto prático de usar o nome certo. Imaginem estes cenários e depois digam se tenho razão:

 

Cenário 1
Alguém: Onde vais?
Avózinha: Às vendedoras do sexo...
Alguém: Vais onde?
Avózinha: É pá, vou comprar sexo!
Alguém: Comprar sexo...?
Avózinha: Ás prostitutas!
Alguém: Hein!?
Avózinha: Sim, vou ás PUTAS!!
Alguém: Aaahhh! Já podias ter dito.

 

Cenário 2
Alguém: Onde vais?
Avózinha: Ás PUTAS!!

 

Além de ser mais simples, «Puta» soa muito melhor, sendo assim o mais apropriado, escrevo pois este texto na esperança de que na EMEL (ou similar) não se lembrem desta ideia de «nuestros germanos» (que grande trocadilho). Enfim, em Bonn, as Putas, com ou sem clientela saem sempre lixadas...com «F» pois claro, num só dia podem não ganhar para pagar o parquímetro que é uma espécie de chulo n.º2.

 

Está visto então, que não só os Alemães já mandam no nosso cantinho, como andam a copiar alguns modelos empresariais. As nossas Parcerias Público-Privadas são um exemplo transposto na exacta medida, apenas muda o core business, porque de resto, por cá é tudo igual, as Putas já toda gente sabe quem é e são sempre as mesmas a pagar...os chulos também sabemos quem são e que saem sempre a ganhar, mas como Putas que somos não nos conseguimos livrar deles.

 

(Fonte: tvi24.iol.pt)

 

Inté

publicado por Avózinha às 20:18

pesquisar
 
Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
14
16

18
21
23
24

25
26
27
29
30


mais sobre mim
blogs SAPO