Avózinha (Sim, com acento...)

Maio 16 2011

«Um grupo de investigadores britânicos da Universidade de Keele, no Reino Unido, chegou à conclusão que dizer palavrões em caso de dor não se trata de falta de educação mas sim de um alívio real.»

 

Foda-se, eu sabia! Desculpem o palavrão, isto era uma dor que me atormentava faz muito tempo e precisava de aliviar um pouco o sofrimento. Abençoados cientistas ingleses Richard Stephens e Claudia Umland, ambos conduziram o estudo que concluiu que dizer palavrões propicia um alívio da dor.

 

Quer dizer, eu já tinha cá as minhas desconfianças acerca das conclusões a que estes investigadores agora chegaram, isto porque, é um facto que quando alguma maleita me apoquenta soltar uma asneira faz-me sentir logo um grande alívio...ah isso sem dúvida que sim. É como se a cura se tivesse iniciado.

 

Agora calma, o estudo também revela que se banalizarmos esta prática evocando obscenidades por «dá cá aquela palha» o efeito deixa de ser tão benéfico, assim, guardem sempre uma das boas para as ocasiões mais especiais, não vão morrer da cura. Está visto que o nosso organismo vicia-se facilmente, nas drogas, no alcool, etc. agora é sabido, também nos palavrões.

 

Os ingleses já devem ter dado um nome todo pomposo a esta nova terapia, por cá desconheço se o baptismo já foi feito, mas o Avózinha aceita e dá sugestões, podeis participar, desta vez a bem da ciência. O que acham de Obscenoterapia?

 

Parece que já estou a imaginar o Sr. Dr. a fazer a prescrição aos doentes «vou aqui passar-lhe uma receita de uma 5 sessões de Obscenoterapia, depois se não se sentir melhor, venha cá que dou-lhe mais 5». A parte do diagnóstico também será no mínimo interessante, no lugar por exemplo da habitual auscultação «respire fundo» ou «diga 33», passará (talvez) a ser mais algo do género «ora, quando eu carregar no sítio que lhe dói, vai soltar um Foda-se bem alto...ok!?»

 

(reparem como resisti bem à dor e apenas disse duas vezes palavrões...e como doeu resistir)

 

(Fonte: naturlink.sapo.pt)

 

Inté

publicado por Avózinha às 20:08

Bela ideia!
Agora que os comprimidos para as dores estão mais caros e menos comparticipados, é bom ter uma alternativa.
Em vez de tomar um comprimido, solta-se um palavrão!.... Não digo qual porque a escrever não deve fazer efeito e como o Avozinha diz que não se podem utilizar assim em vão, corre-se o risco de ficar viciada... então guardo para outra ocasião...alguma dor inesperada
Conceição a 21 de Maio de 2011 às 23:41

pesquisar
 
Maio 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
13
14

15
17
19
20
21

22
23
24
27
28

30
31


mais sobre mim
blogs SAPO