Avózinha (Sim, com acento...)

Maio 08 2011

Já percebi porque ganharam os Homens da Luta o Festival da Canção, faz tudo parte de um engenhoso plano que culminou com o pedido de ajuda de financiamento externo por parte deste nosso canto a que chamam país. Mais uma vez o Avózinha a cumprir com o serviço público (de borla, e sem subsídios pá) e a desvendar um enredo só ao alcance dos grandes génios, pois claro, como de costume.

 

Eu já estava a achar muito estranho o pedido de ajuda não sair, o nosso ministro «cabeça de giz» tinha dito, se os juros da dívida passassem dos 7% era coisa para chamar logo o «Carmo e a Trindade» (em Português Redondo) ou seja «o FMI» em politiquês. Até cheguei a pensar que não chamavam por não quererem admitir a incompetência de quem nos tem sucessivamente governado ao longo de décadas, mas afinal parece que não foi isso.

 

O Coelho (não o da Páscoa, nem o Jorge, mas o Passos) também me estava a ralar, então homem queria ser 1º Ministro e nunca mais havia eleições...pensei, pensei, mas afinal o que se passa aqui (?) está a escapar-se-me alguma coisa...e tal. O Coelhinho foi com o Pai Natal e o FMI no comboio ao Circo...desculpem, estou a fazer confusão, o que quero dizer é que, o Coelho, a passos viu a mesma oportunidade, que vou revelar de seguida.

 

O que o (des)Governo e o Coelho (concertadamente) fizeram do Festival da Eurovisão foi, uma espécie de novo Tarrafal, se bem que a cruz não será tão grande, mas só porque neste caso, podemos desligar a Televisão e do Tarrafal ninguém escapava à tortura, de resto...livra. Como é que eu não vi logo este plano pergunto, fazem os «Homens da Luta» ganhar o Festival, mandam os rapazes para a Alemanha e está feito, Jel e Falâncio caiem que nem uma imperial a acompanhar uns tremoços. Devem ter gasto um dinheirão em chamadas, mas está a chegar dinheiro fresco, não há problema.

 

Já viram o que seria os «Troikianos» (nome que se dá a membros de uma Troika) a caminharem para os Ministérios ao som do kikiirikiki acompanhado de pedidos megafónicos de Ferraris e Maseratis para o povo (pá), lá se ia o empréstimo por água abaixo. Para não falar do alívio que têm sentido os partidos políticos durante este tempo de exílio dos dois rapazes no Tarrafal da Eurovisão, em especial os dois maiores partidos e que tanto têm rejubilado por mais um atestado de incompetência passado por mais uma Troika.

 

À terceira é de vez, portanto a «Troika 3» deverá ser a última, resta só saber se será por não precisarmos mais, ou se simplesmente não vão estar mais disponíveis para aturarem a nossa incompetência. Não é por nada mas, mais que uma trilogia já começa a soar a filme pornográfico (que eu nunca vi mas oiço falarem) «Troika 22 – Dói mas eles gostam», no entanto a ver vamos o que o futuro nos traz, para já, que traga de volta daqui a alguns dias Jel e Falâncio, entretêm-me e não me estão a ir ao bolso.

 

Entenderam agora porque ganharam os «Homens da Luta» o Festival da Canção....

 

(Fonte: algunscomprimidosaocalhasmisturadoscomalcool.pt)

 

Inté


Falas em tantos títulos de filmes pornográficos (aqui no blog) e são tudo filmes que ainda não vi. E eu a pensar que já os tinha visto todos!
mc a 8 de Maio de 2011 às 22:09

Sim, agora estão os europeus a ouvi-los!
Boa táctica, pá!
Conceição a 8 de Maio de 2011 às 22:11

Também me ri de borla aqui

Eu também nunca vi, mas no outro dia ouvi uma velhota no autocarro dizer: "eu vejo o sexy Hor (???), com meu homem,tão"
vulgaridadesquemsabe a 9 de Maio de 2011 às 11:12

pesquisar
 
Maio 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
13
14

15
17
19
20
21

22
23
24
27
28

30
31


mais sobre mim
blogs SAPO